A Zulk, parte 9: O super-homem

A Zulk, parte 9: O super-homem

A Zulk, parte 9: O super-homem

9
0

Todo homem e toda mulher é uma estrela! Faz o que tu queres e nenhum outro dirá não! Alester Crowler

Como já dizia Carl Rogers (psicólogo pai do humanismo): todas as pessoas, sejam homens, mulheres, pretos, brancos, pobres ou ricos, nascem com todo o potencial necessário para se desenvolver e se superar sempre, esse é o poder da auto-realização! Ele compara nossa raça com uma sementinha de laranja que já nasce com todo o potencial para se tornar uma grande árvore e gerar milhões de frutos. Isso está no código genético, no DNA da planta e também de cada um de nós, e de forma alguma pode ser mudado! Só tem um pequeno detalhe: deixe a sementinha de laranja dentro da gaveta do armário por 30 anos e veja se ela irá se tornar uma árvore??? Não adianta rezar de joelhos todos os dias e pedir a Deus para fazer a semente brotar, nem um milagre resolve a questão, é impossível!

Mas então qual a solução mágica para fazer esse poder pontencial, que a sementinha tem, se carregar, fluir e desabrochar??? Como ativar a reação em cadeia para executar o código de DNA e gerar todo o seu poder nato? É tão simples que chega a ser boba a resposta: basta plantar a sementinha em solo fértil e cultivá-la! A raça humana tem um grande diferencial em relação às sementinhas (que precisam de alguém para planta-las e cultiva-las para que possam se desenvolver): se vivemos num terreno fértil, com alguém para nos orientar, motivar, ensinar e incentivar, nosso desenvolvimento será bem mais fácil. Mas, felizmente, isso não é obrigatório, pois nós mesmos podemos fazer tudo isso sozinhos, sem depender de ninguém. Então, se você não desenvolver todo o seu potencial nato, não procure culpados como forma de aliviar sua consciência, não adianta chorar, rezar e nem pedir a Deus, pois a culpa é todo sua!

Eu criei uma missão para minha vida: transmitir todo o conhecimento que adquiri para ajudar as pessoas e melhorar o mundo! Quero que todas essas histórias, da criação e desenvolvimento da zulk, sirvam de inspiração para todos! Por isso, sempre vou estar aqui escrevendo sobre psicologia e vários outros conceitos que poderão ajudar as pessoas! Para acompanhar tudo na íntegra, fiquem ligados no menu “mais histórias>estilo de vida”!

Posso dizer que demorei muito para perceber o meu poder. Esperei a vida toda que aparecesse alguém para me cultivar, mas cansei de esperar e resolvi agir por conta própria! Nunca é tarde demais para tomar as rédias de nossa vida e assumir o controle!

É muito importante também todos estarem cientes de que o nosso cérebro não tem limites, ele nunca “enche”. Dizem os estudiosos, que usamos apenas 10% do nosso cérebro, mas é incrível como a maioria das pessoas tem pouquíssimos conhecimentos específicos sobre assuntos difererentes! Pensando bem, se qualquer pessoa estudar, com muita dedicação e força de vontade, qualquer assunto, por um ano (seja um assunto intelectual ou alguma habilidade manual como um esporte), ela vai ganhar muitos e muitos conhecimentos sobre o tema, podendo até se tornar um especialista na área. Mas, para isso, tem-se que ter muita dedicação e força de vontade, pelo menos umas 6 horas diárias dedicadas ao tema! Seu eu começar isso aos 20 anos de idade, aos 40 posso ser especialista em 20 assuntos diferentes (a maior parte das pessoas que conheço aos 50, executa mal o seu trabalho, por cerca de 20 anos e pronto, não aprendem mais nada)!

Seguindo essa filosofia e um pouco do Estilo Americano de “faça você mesmo”, hoje, aos 31 anos, eu domino inúmeras habilidades que consegui por mérito próprio e que me tranformaram completamente, melhorando muito minha segurança, auto-estima, minha vida social, financeira e, acima de tudo, minha felicidade! Como já falei, comecei com esportes e me destaquei muito na capoeira e no volei. Depois, na faculdade psicologia e fora dela, na fotografia, artesanato, marcenaria, arquitetura, publicidade, administração e empreendedorismo. Me tornei especialista em comportamento web, programação web, webdesigner, jornalismo digital, manipulação de imagens, designer de produtos e música. Mas, o principal de tudo, é que adquiri uma grande habilidade em ter sempre um ótimo relacionamento com as pessoas e com o mundo. Desenvolvi muito minha super atrofiada inteligência emocional. Às vezes, algumas pessoas se impressionam com isso, ao passo que isso não é nada demais e deveria ser o nomal de todo mundo. Com esse texto, eu quero apenas colocar as pessoas para pensar e ver que existem várias alternativas e todas dependem apenas de nós mesmos.

Resumindo tudo: se eu consegui me reprogramar, qualquer um consegue, basta querer, desejar, mas tem que ser de verdade! Eu não sou melhor que ninguém e ninguém no planeta é melhor que eu. Todos viemos do mesmo lugar e iremos parar no mesmo lugar. Uma coisa que me motivou bastante foi observar a história dos grandes homens que já passaram ou ainda estão entre nós e ver que todos eram ou são simples mortais , como qualquer um de nós. Saber que nasceram sem saber de nada, mas escolheram fazer seu caminho com todas as suas forças e colocar o seu nome nas páginas da história da humanidade. É muito bom saber como cada um chegou num lugar de destaque. E hoje, sem dúvida alguma, as minhas maiores inspirações são Steve Jobs e Raul Seixas!

(9)

Deixe um Comentario

Jean Paulo Jean Paulo, um autodidata, um eterno apaixonado por tecnologia, tem na base de sua formação a psicologia de onde misturou com a fotografia, e diversas outros conhecimentos técnicos, como designer, empreendedorismo, administração, arte, teorias da aprendizagem, marketing digital e de tudo isso criou a Zulk. Hoje, alem de tudo, dedica a maior parte de sua vida a estudar filosofia, e a treinar outras pessoas pra atingir o sucesso.